A Adepar (Associação dos Defensores Públicos do Paraná) e o Nudem (Núcleo de Promoção e Defesa dos Direitos da Mulher) da Defensoria Pública do Paraná realizarão, no dia 24 de maio, das 9h às 11h, um evento sobre violência obstétrica, direitos sexuais e reprodutivos, no auditório térreo do Palácio das Araucárias, Curitiba. A entrada é gratuita e aberta ao público.

Na ocasião, serão ministradas as palestras: “Direitos sexuais e reprodutivos, a norma e a vida das mulheres”, pela socióloga Lígia Aparecida Corrêa Cardieri e “Direitos sexuais reprodutivos – aspectos jurídicos”, pela professora adjunta da Faculdade de Direito da UFPR, Taysa Schiocchet.

No período da tarde, acontecerá a cerimônia de abertura da exposição “Mulheres atingidas: da lama à luta”, na Sede Central da Defensoria Pública do Paraná. Tratam-se de fotos de mulheres atingidas pelo rompimento das barragens das cidades de Mariana e Brumadinho, em Minas Gerais. A exposição é aberta ao público, gratuita e ficará no Paraná até o dia 31 de maio.

O evento faz parte das atividades da Campanha Nacional 2019 da Anadep (Associação Nacional das Defensoras e Defensores Públicos) que tem como foco este ano a garantia dos direitos das mulheres.

Campanha Nacional Anadep

Sob o tema “Em defesa delas: Defensoras e Defensores Públicos pela garantia dos direitos das mulheres”, a Campanha Nacional 2019 da Anadep tem o apoio das associações estaduais e do Condege (Colégio Nacional dos Defensores Públicos Gerais). O objetivo é realizar, ao longo do ano, atividades que ressaltem o papel das Defensorias Públicas estaduais na efetivação dos direitos das mulheres.

Para saber mais, acesse: www.anadep.com.br