O Defensor Público-Geral, Eduardo Abraão – Foto: Ascom/DPPR

Na última segunda-feira, dia 12 de agosto, foram realizadas as eleições para Defensor Público-Geral da DPPR (Defensoria Pública do Paraná). O Defensor Público Eduardo Abraão foi reeleito para o biênio 2019/2021. 

“A eleição para o próximo biênio foi um momento importante para a nossa democracia institucional. Agradeço aos colegas pela escolha feita pela minha recondução e espero continuar correspondendo às responsabilidades do cargo de DPG-PR para que juntos possamos construir uma Defensoria melhor e mais forte para a população”, ressaltou Eduardo.

Ao todo, foram contabilizados 99 votos. As Defensoras e os Defensores votaram através do site da DPPR. Pela primeira vez houve uma disputa entre dois candidatos. Também concorreu ao cargo a Defensora Pública Andreza Lima de Menezes.

“Com as eleições tivemos a oportunidade de discutir a Defensoria Pública que os Defensores e as Defensoras desejam construir. Abordamos, nos debates e nas campanhas eleitorais, temas importantes para a instituição. Torço para que a gestão que foi reeleita faça jus a confiança dos colegas e continue trabalhando em defesa das demandas dos Defensores e servidores”, afirmou Andreza.

No início do mês, a Adepar (Associação dos Defensores Públicos do Paraná) realizou, em Curitiba, um debate entre os candidatos. O evento teve transmissão ao vivo pela internet para os Defensores e as Defensoras, e depois foi ainda disponibilizado na área restrita do site da associação.

“Sem dúvidas as eleições deste ano marcaram a história da Defensoria Pública do Paraná por ter mais de um candidato ao cargo de Defensor Público-Geral. Além de um momento histórico, mostra que estamos caminhando para uma instituição cada vez mais democrática. Parabenizamos o Defensor Público-Geral, Eduardo Abraão, pela vitória e torcemos para o desenvolvimento contínuo da Defensoria”, pontuou a presidente da Adepar, Lívia Brodbeck.