Foto: Assessoria/CBF

Por meio de uma solicitação do Nudem (Núcleo de Promoção e Defesa dos Direitos da Mulher) e do Nucidh (Núcleo Especializado da Cidadania e Direitos Humanos), as Defensoras, os Defensores e também os servidores da Defensoria Pública do Paraná ganharam o direito de prestigiar os jogos da seleção brasileira na Copa do Mundo de Futebol Feminino.

O pedido, deferido pelo Defensor Público-Geral, Eduardo Abraão, tem como objetivo driblar o preconceito, reforçar a importância da Copa feminina e ainda demonstrar apoio ao futebol feminino e, especialmente, à seleção brasileira, que infelizmente ainda não carece do mesmo prestígio do time masculino.

O Brasil estreou, no último dia 9, com vitória sobre a Jamaica por 3 a 0. Os próximos jogos da nossa seleção acontecem no dia 13 e 18 de junho, às 13h e às 16h, respectivamente. Para ler o despacho na íntegra, clique aqui.

A Copa do Mundo de Futebol Feminino começou no dia 7 de junho e está sendo realizada na França. Clique aqui e confira mais informações sobre o torneio.