Prática 12 de 13

Título: “Censo da população em situação de rua de Londrina/PR – 2018”

Autores: Nara Damião dos Santos Lucena (assistente social da DPE-PR)

Alysha Carolyna Rocha, Clodoaldo Porto Filho e Kemeli Rodrigues Pivetta  (psicólogos da DPE-PR)

“Em 2009, foi realizada a primeira pesquisa sobre a população em situação de rua no Brasil. Esse estudo identificou que Londrina tinha cerca de 300 pessoas que moravam nas ruas da cidade. Com esse resultado, os movimentos e os trabalhadores dos serviços que atendem essa população identificaram que na verdade esse número era maior do que os apresentados e, por isso, reivindicavam uma nova pesquisa”, explicou Nara. 

“A realização do novo estudo, feito em 2018, com o apoio da Defensoria Pública, do movimento da população em situação de rua, do Ministério Público, da Universidade Estadual de Londrina, das Faculdades Integradas Norte do Paraná e da Prefeitura de Londrina, revelou que Londrina tem, aproximadamente, mil pessoas em situação de rua”, afirmou a assistente social.  

“Essa nova pesquisa foi importante para que o Poder Público e os gestores possam se basear nesses números para desenvolver e oferecer para a população de rua serviços essenciais. Para a Defensoria, conhecer esses dados é fundamental para a fiscalização dos órgãos responsáveis e para garantir os direitos dessa população”, finalizou.