Papo Legal -CEP- 08-03-2017

A presidente da Adepar, Thaísa Oliveira

“A gente sempre pensa que só as mulheres devem lutar por seus direitos, mas os homens também precisam fazer sua parte para tornar a sociedade menos desigual”.

Esta foi a frase que o estudante Felipe C., de 16 anos, usou para responder a uma simples pergunta: o que ele tinha achado do evento hoje?

A Adepar (Associação dos Defensores Públicos do Paraná), com o apoio da Edepar (Escola da Defensoria Pública do Paraná) e do NUCIDH (Núcleo de Cidadania e Direitos Humanos da Defensoria Pública do Paraná), por meio do seu projeto “Papo Legal”, reuniu mais de 500 alunos do CEP (Colégio Estadual do Paraná), em Curitiba, para rodas de conversas com o objetivo de celebrar o Dia Internacional da Mulher, comemorado hoje, dia 8 de março.

Papo Legal - CEP - 08-03-2016 (8)

A vice-presidente da Adepar, Lívia Brodbeck

O tema central do bate-papo não poderia ser outro: o Direito e as mulheres. Durante as palestras foram abordados assuntos como sexualidade, machismo, violência doméstica e liberdade de gênero.

A ideia do projeto “Papo Legal”, lançado em 2016 pela Adepar, é justamente promover uma divulgação maior e conscientizar estudantes sobre questões importantes para a nossa sociedade, como cidadania e direitos humanos.

Papo Legal - CEP - 08-03-2016 (4)

Os alunos também puderam fazer perguntas e relatar suas vivências conforme os assuntos iam se desenvolvendo, o que deixou o ambiente bem descontraído.

Participaram dos encontros as Defensoras Thaísa Oliveira (presidente da Adepar), Lívia Brodbeck (vice-presidente da Adepar), Camille Vieira, Nize Lacerda e os Defensores Bruno Passadore, Antonio Almeida e Guilherme Daquer.

Além de compartilharem as suas experiências e conhecimentos, os Defensores levaram trechos de um documentário produzido pela ONU Mulheres (Entidade das Nações Unidas para Igualdade de Gênero e Empoderamento das Mulheres) que aborda a discussão dos homens em defesa dos direitos das mulheres.

A abertura das palestras, que foram realizadas em três horários (10h, 13h50 e 19h25), ficaram por conta da diretora geral do CEP, Tânia Maria Acco, e da coordenadora do ProCEP (setor responsável pela promoção de projetos e eventos especiais no colégio), Elizeth Tesseroli Miot, que agradeceram a presença dos Defensores e ressaltaram a importância do debate dentro do ambiente educacional.

Para assistir o documentário, clique aqui.

Para saber mais sobre o estudo da ONU Mulheres “Precisamos falar com os homens? Uma jornada pela igualdade de gênero”, clique aqui.

Papo Legal - CEP - 08-03-2016 (10)

A coordenadora do ProCEP Sonia Cassati, os Defensores Públicos Camille Vieira, Bruno Passadore, Lívia Brodbeck, Thaísa Oliveira, Nize Lacerda e a coordenadora do ProCEP Elizeth Miot

Papo Legal - CEP - 08-03-2016 (13)

A professora do CEP Carolina Lima, a coordenadora do ProCEP Elizeth Miot, os Defensores Públicos Nize Lacerda, Antonio Almeida, Bruno Passadore, Thaísa Oliveira e a agente educacional Daniela Escrivani

Papo Legal - CEP - 08-03-2016 (14)

As coordenadoras do ProCEP Sonia Cassati e Elizeth Miot, os Defensores Públicos Guilherme Daquer, Camille Vieira, Lívia Brodbeck, Thaísa Oliveira e o professor do CEP Laerci Jansen Rodrigues Filho