Papo Legal CEP 27-04-2016-manha-02

Encontro da manhã

Ontem, dia 27 de abril, o “Papo Legal”, novo projeto da Adepar (Associação dos Defensores Públicos do Paraná), reuniu em dois encontros mais de 100 alunos do Colégio Estadual do Paraná (CEP), em Curitiba, para um bate-papo com os Defensores Públicos.

Atentos a cada palavra e muito curiosos, os estudantes participaram a todo momento dos encontros interagindo com os Defensores. Eles faziam perguntas e colocavam suas visões de mundo conforme os assuntos iam se desenvolvendo.

Papo Legal CEP 27-04-2016-manha-07

Encontro da manhã

Muito se falou sobre cidadania, direitos humanos, diversidade sexual, diferenças políticas, infância e juventude, direito penal, direito de família, bullying, Defensoria Pública e, principalmente, qual a importância da tolerância em nossas vidas.

Participaram dos encontros os Defensores Maurício Faria Junior (diretor da Adepar), Paula Grein Del Santoro Raskin (diretora da Adepar), Bruno Müller Silva, Antonio Vitor Barbosa de Almeida, Guilherme Moniz Barreto de Aragão Daquer Filho, Camille Vieira da Costa, Luis Felipe Pimentel da Costa, Nize Lacerda Araújo Bandeira e Thaísa Oliveira (presidente da Adepar).

Papo Legal CEP 27-04-2016-manha-08

A coordenadora Elizeth Mio, e os Defensores Paula Raskin, Guilherme Daquer, Antonio Almeida, Bruno Müller e Maurício Faria

Papo-Legal-CEP-27-04-2016-tarde-04

Os Defensores Luis Felipe Costa, Thaísa Oliveira, Nize Bandeira, o professor Laerci, a Defensora Camille Costa e a coordenadora Elizeth Mio

Os Defensores compartilharam com os estudantes a definição de tolerância que faz parte da “Declaração de Princípios sobre a Tolerância”, aprovada pela Conferência Geral da UNESCO, em 1995.

Parte do texto diz que a “tolerância é o respeito, a aceitação e a apreço da riqueza e da diversidade das culturas de nosso mundo, de nossos modos de expressão e de nossas maneiras de exprimir nossa qualidade de seres humanos”.

Papo-Legal-CEP-27-04-2016-tarde-05

Encontro da tarde

Segundo o aluno Lucas V., de 11 anos, que não tinha muita ideia do trabalho dos Defensores, toda a população deveria conhecer a Defensoria Pública e refletir mais sobre tolerância. “Você pensa diferente de mim e eu penso diferente de você, mas eu não tenho o direito de te humilhar por causa disso.”

Para a estudante Amanda L., de 14 anos, foi uma grande descoberta saber que a Defensoria atua na defesa dos direitos de jovens e adolescentes. Mas não só isso. “Me surpreendeu o quanto os alunos daqui estavam interessados.”

Papo-Legal-CEP-27-04-2016-tarde-02

Encontro da tarde

Os encontros contaram com a presença da diretora geral do CEP, Tânia Maria Acco, da coordenadora do ProCEP (setor responsável pela promoção de projetos e eventos especiais no colégio), Elizeth Tesseroli Miot, e do professor Laerci Jansen Rodrigues Filhos, que não poupou elogios ao “Papo Legal”.

“Nós deveríamos repetir mais isso com outras pessoas. Esse tipo de encontro é essencial, necessário e esclarecedor, porque você acaba tendo mais consciência sobre alguns temas, como a questão da família, indo além do senso comum”, disse Rodrigues.

Agora, a Adepar e o CEP conversam para a realização de novos encontros com temas mais específicos. Inclusive, já vem sendo tratada também uma palestra para professores e funcionários.

O projeto “Papo Legal”

A Adepar lançou o “Papo Legal”, no dia 20 de abril, para ampliar a discussão de questões importantes para a nossa sociedade, principalmente, entre jovens e adolescentes. O objetivo é realizar encontros em escolas para que os alunos desenvolvam desde cedo uma consciência de cidadania e de direitos humanos.