#EmDefesaDelas

 Outro contexto que mostra a vulnerabilidade da mulher no Brasil é o do sistema prisional. 

📊 Conforme dados do Infopen Mulheres, produzido pelo Departamento Penitenciário Nacional (DEPEN/MJ), a população carcerária feminina do Brasil é uma das maiores do mundo. São mais de 42 mil mulheres presas. 

👩🏿‍🦱 🤰🏿🤱🏾 O perfil delas é claro: 62% negras, 74% mães e 45% presas provisórias, ou seja, que aguardam julgamento.

😖 Neste cenário, observamos ainda que elas estão, por exemplo, em instalações consideradas inadequadas para gestantes encarceradas. Apesar de algumas medidas – como o habeas corpus coletivo que concedeu a prisão domiciliar para mulheres presas provisoriamente, que estejam grávidas, que tenham dado à luz recentemente, ou que sejam mães e tenham sob responsabilidade crianças de até 12 anos de idade –, ainda inexistem políticas públicas voltadas às mulheres presas no país.
_______________
#DefensoriaSim
#EducaçãoemDireitos
#ANADEP
#AcessoàJustiça