O Comitê de Enfrentamento do Assédio Moral e Sexual e da Discriminação de Gênero no Âmbito da DPE-PR (Defensoria Pública do Paraná) realizou ontem, dia 25 de junho, a primeira reunião do grupo. 

O Objetivo foi definir os projetos e as ações que serão implementadas na instituição como, por exemplo, a realização de um curso on-line sobre assédio moral, sexual e discriminação de gênero para os membros, servidores e estagiários da DPE-PR e a criação de um canal para denúncias. 

O encontro aconteceu via vídeochamada e contou com a participação da presidenta da ADEPAR (Associação das Defensoras Públicas e Defensores Públicos do Paraná), Ana Caroline Teixeira, do defensor público-geral, Eduardo Abraão, da coordenadora do Nudem (Núcleo de Promoção e Defesa dos Direitos das Mulheres), Lívia Brodbeck, do ouvidor geral-externo, Thiago Hoshino, da diretora da Edepar (Escola da Defensoria Pública do Paraná), Flávia Pallazzi, do coordenador geral de administração, Mathias Loch, e da representante da Assedepar (Associação dos Servidores da Defensoria Pública do Paraná), Kelly da Rocha Vieira.