Neste mês de junho, as indicações culturais foram feitas pelas defensoras públicas Olenka Lins e Camille Vieira da Costa.

Livro: Minha História
Autora: Michelle Obama

O livro é um relato pessoal da história da ex-primeira-dama dos Estados Unidos Michelle Obama. A obra retrata as conquistas de Michelle e os desafios de ser uma das principais porta-vozes das mulheres no mundo.

“É um livro extremamente empoderador que consegue trazer, ao mesmo tempo, leveza e profundidade para temas tão caros às mulheres. Trata do universo feminino em todas as suas nuances, demonstrando uma bonita, possível e bem humorada forma de se ultrapassar todas as suas típicas e pesadas cobranças”, ressaltou Olenka.

“Para mim, a obra ganha ainda mais significado porque foi um presente do meu grande amigo e companheiro de batalhas, o defensor público Ricardo Menezes”, concluiu.

Documentário: Menino 23: Infâncias Perdidas no Brasil
Diretor: Belisário Franca

Disponível no YouTube, o documentário revela uma história, até então desconhecida no Brasil, sobre os donos de uma fazenda, no interior de São Paulo, que, na década de 30, tratavam meninos negros órfãos como escravos.

“Os acontecimentos são revelados por um professor de história que começa a investigar os fatos depois que uma aluna relatou que encontrou tijolos marcados com a suástica na fazenda comprada por seus familiares”, explicou Camille.

“O documentário é uma ótima oportunidade para pensar sobre o racismo e a influência do nazismo e do fascismo no Brasil”, destacou a defensora.