Defensoras e Defensores Públicos, participem do I Encontro Anual de Teses Institucionais da Defensoria Pública do Paraná. O evento é promovido pela Adepar (Associação dos Defensores Públicos do Paraná) e pela Edepar (Escola da Defensoria Pública do Paraná).

As inscrições das teses devem ser feitas pelo site: www.edepar.pr.def.br/  na opção  Encontro Anual de Teses Institucionais. Os três melhores trabalhos serão premiados pela Adepar. Não deixe de participar!

As apresentações e premiações dos estudos acontecerão no dia 19 de maio.  Confirme sua presença no encontro através do email: escola@defensoria.pr.def.br

Contamos com a sua colaboração!

I Encontro Anual de Teses 2017 -1

O projeto “Atuação em rede para a defesa dos direitos da população em situação de rua e do direito de manifestação”, da Defensoria Pública do Paraná, recebeu, na última semana, o segundo lugar nas menções honrosas do concurso Litigância Estratégica em Direitos Humanos, promovido pelo Fórum Justiça e pela Defensoria Pública do Rio de Janeiro.

Os trabalhos escolhidos serão apresentados no primeiro Seminário Nacional de Litigância Estratégica em Direitos Humanos que vai debater questões práticas e teóricas sobre a temática.

Ao todo, foram seis premiados e seis menções honrosas. Para a Defensora Pública do Paraná, Camille Vieira da Costa, que inscreveu o estudo, essas premiações servem como incentivo para os Defensores.

“Para uma Defensoria que existe há pouco mais de três anos, a menção é um reconhecimento do nosso trabalho e do nosso esforço para garantir o acesso à justiça para a população em situação de rua”.

Participam do projeto as Defensoras Públicas Camille Vieira da Costa e Mariana Nunes e os Defensores Públicos Antonio de Almeida e Bruno Passadore em parceria com os professores da UFPR (Universidade Federal do Paraná) Adriana Espindola Correa e Leandro Gorsdof.

O seminário acontece do dia 29 de março ao dia 01 de abril, na sede da Defensoria Pública do Rio de Janeiro, Av. Marechal Câmara, 314, no auditório do 2º andar.

Para mais informações sobre o seminário, clique aqui.

Seminário Litigância estratégica em direitos humanos - 20-03-2017

Lançamento prêmio Innovare - 16-03-2017 (1)

O presidente do Conselho Superior do Instituto Innovare, ministro Carlos Ayres Britto, a presidente da Adepar, Thaísa Oliveira, e o integrante da comissão julgadora do prêmio Innovare e Defensor Público Geral do Rio de Janeiro, André Castro. Foto: Anadep

As inscrições do 14º Prêmio Innovare já estão aberta e vão até o dia 15 de maio. A premiação, que tem como finalidade divulgar e difundir projetos que colaborem com a Justiça no Brasil, é dividida em seis categorias: Tribunal, Juiz, Ministério Público, Defensoria Pública, Advocacia e Justiça e Cidadania.

Lançamento prêmio Innovare - 16-03-2017 (3)

A presidente da Adepar, Thaísa Oliveira, e o vice-presidente jurídico-legislativo da Anadep, João Gavazza Foto: Anadep

O lançamento oficial do concurso aconteceu hoje, dia 16 de março, no STJ (Superior Tribunal de Justiça), em Brasília. A presidente da Adepar (Associação dos Defensores Públicos do Paraná, Thaísa Oliveira, representou a associação no evento.

O presidente do Conselho Superior do Instituto Innovare, ministro Carlos Ayres Britto, e a presidente do (STJ) Superior Tribunal de Justiça, ministra Laurita Vaz, conduziram o encontro.

Para mais informações sobre a premiação, acesse: www.premioinnovare.com.br

innovare

Arte: Instituto Innovare

I Simpósio Brasileiro de Processo Civil 1- 16-03-2016

Foto: ABDConst (Associação Brasileira de Direito Constitucional)

Representando a Adepar (Associação dos Defensores Públicos do Paraná) e a Anadep (Associação Nacional dos Defensores Públicos), a vice-presidente, Lívia Brodbeck, participou hoje, dia 16 de março, da mesa de abertura do I Simpósio Brasileiro de Processo Civil que está acontecendo no Teatro Positivo, em Curitiba.

O evento, que reúne nomes importantes da academia processualista civilista, tem como objetivo debater matérias fundamentais que envolvem a temática do simpósio, além de discutir e solucionar dúvidas sobre o novo CPC (Código de Processo Civil), que está em vigor há quase um ano.

O simpósio é promovido pela ABDConst (Associação Brasileira de Direito Constitucional) e acontece até amanhã, dia 17 de março, com palestras durante todo o dia.

Estiveram presentes na cerimônia de abertura, o vice-presidente da ABDConst, Luciano Bernart; a vice-presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região, Marlene Teresinha Fuverki Suguimatsu; a vice-presidente da Caixa de Assistência de Advogados do Paraná, Daniella Balão Erlund; o diretor jurídico da Itaipu Binacional, Cezar Eduardo Ziliotto; o presidente da Associação dos Magistrados do Paraná, Frederico Mendes Júnior; o desembargador do TRF da 4ª Região, Fernando Quadros da Silva; a procuradora-geral do município de Curitiba, Vanessa Volpi Bellegard Palacios; o presidente da Junta Comercial do Paraná, Ardisson Akel; a presidente da Apajufe (Associação Paranaense dos Juízes Federais), Patrícia Helena Daher Lopes Panasolo; o presidente da Amatrar (Associação dos Magistrados do Trabalho da 9ª Região), Paulo da Cunha Boal; e o membro-fundador da ABDConst, Fábio Alessandro Fressato Lessnau.

Audiência Pública sobre a reforma da previdência - 15-03-2017 (2)

Com o objetivo de esclarecer as consequências da aprovação da PEC 287/2016, que trata da Reforma da Previdência, a Frente Parlamentar em Defesa dos Trabalhadores do Campo e da Cidade, as centrais sindicais e a Frente de Entidades de Carreiras Públicas do Paraná, composta pela Adepar (Associação dos Defensores Públicos do Paraná) e outras instituições do estado, realizaram hoje, 15 de março, uma Audiência Pública, na Alep (Assembleia Legislativa do Paraná).

No dia 2 de março, a Frente de Entidades de Carreiras Públicas do Paraná debateu, na sede da Amapar (Associação dos Magistrados do Paraná), ações e estratégias para divulgar e esclarecer os efeitos da reforma para a sociedade.

Um dos próximos passos será o encontro com a bancada paranaense do Senado, no dia 31 de março. Materiais impressos e audiovisuais também serão elaborados, como folders, outdoors, vídeos e spots de rádio, além do uso das redes sociais e site.

Entidades participantes

Amapar (Associação dos Magistrados do Paraná), MPT (Ministério Público do Trabalho do Paraná), APMP (Associação Paranaense do Ministério Público), APEP (Associação dos Procuradores do Estado do Paraná), Sindafep (Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita do Estado do Paraná), Sindicontas-PR (Sindicato dos Servidores do Tribunal de Contas do Paraná), Assofepar (Associação dos Oficiais Policiais e Bombeiros Militares do Estado do Paraná), Apajufe (Associação Paranaense dos Juízes Federais), Amatra (Associação dos Magistrados do Trabalho da 9ª região), Adepar (Associação dos Defensores Públicos do Paraná),  APAP (Associação Paranaense dos Advogados Públicos), ANPT (Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho), CTB (Central de Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil), CSP Conlutas (Central Sindical e Popular), CUT (Central Única dos Trabalhadores), Força Sindical do Paraná, NCST (Nova Central Sindical dos Trabalhadores) e UGT (União Geral dos Trabalhadores).

Papo Legal -CEP- 08-03-2017

A presidente da Adepar, Thaísa Oliveira

“A gente sempre pensa que só as mulheres devem lutar por seus direitos, mas os homens também precisam fazer sua parte para tornar a sociedade menos desigual”.

Esta foi a frase que o estudante Felipe C., de 16 anos, usou para responder a uma simples pergunta: o que ele tinha achado do evento hoje?

A Adepar (Associação dos Defensores Públicos do Paraná), com o apoio da Edepar (Escola da Defensoria Pública do Paraná) e do NUCIDH (Núcleo de Cidadania e Direitos Humanos da Defensoria Pública do Paraná), por meio do seu projeto “Papo Legal”, reuniu mais de 500 alunos do CEP (Colégio Estadual do Paraná), em Curitiba, para rodas de conversas com o objetivo de celebrar o Dia Internacional da Mulher, comemorado hoje, dia 8 de março.

Papo Legal - CEP - 08-03-2016 (8)

A vice-presidente da Adepar, Lívia Brodbeck

O tema central do bate-papo não poderia ser outro: o Direito e as mulheres. Durante as palestras foram abordados assuntos como sexualidade, machismo, violência doméstica e liberdade de gênero.

A ideia do projeto “Papo Legal”, lançado em 2016 pela Adepar, é justamente promover uma divulgação maior e conscientizar estudantes sobre questões importantes para a nossa sociedade, como cidadania e direitos humanos.

Papo Legal - CEP - 08-03-2016 (4)

Os alunos também puderam fazer perguntas e relatar suas vivências conforme os assuntos iam se desenvolvendo, o que deixou o ambiente bem descontraído.

Participaram dos encontros as Defensoras Thaísa Oliveira (presidente da Adepar), Lívia Brodbeck (vice-presidente da Adepar), Camille Vieira, Nize Lacerda e os Defensores Bruno Passadore, Antonio Almeida e Guilherme Daquer.

Além de compartilharem as suas experiências e conhecimentos, os Defensores levaram trechos de um documentário produzido pela ONU Mulheres (Entidade das Nações Unidas para Igualdade de Gênero e Empoderamento das Mulheres) que aborda a discussão dos homens em defesa dos direitos das mulheres.

A abertura das palestras, que foram realizadas em três horários (10h, 13h50 e 19h25), ficaram por conta da diretora geral do CEP, Tânia Maria Acco, e da coordenadora do ProCEP (setor responsável pela promoção de projetos e eventos especiais no colégio), Elizeth Tesseroli Miot, que agradeceram a presença dos Defensores e ressaltaram a importância do debate dentro do ambiente educacional.

Para assistir o documentário, clique aqui.

Para saber mais sobre o estudo da ONU Mulheres “Precisamos falar com os homens? Uma jornada pela igualdade de gênero”, clique aqui.

Papo Legal - CEP - 08-03-2016 (10)

A coordenadora do ProCEP Sonia Cassati, os Defensores Públicos Camille Vieira, Bruno Passadore, Lívia Brodbeck, Thaísa Oliveira, Nize Lacerda e a coordenadora do ProCEP Elizeth Miot

Papo Legal - CEP - 08-03-2016 (13)

A professora do CEP Carolina Lima, a coordenadora do ProCEP Elizeth Miot, os Defensores Públicos Nize Lacerda, Antonio Almeida, Bruno Passadore, Thaísa Oliveira e a agente educacional Daniela Escrivani

Papo Legal - CEP - 08-03-2016 (14)

As coordenadoras do ProCEP Sonia Cassati e Elizeth Miot, os Defensores Públicos Guilherme Daquer, Camille Vieira, Lívia Brodbeck, Thaísa Oliveira e o professor do CEP Laerci Jansen Rodrigues Filho

 

Neste mês em que é comemorado o Dia Internacional da Mulher, a Adepar homenageia cinco representantes que, de alguma maneira, lutam por igualdade e justiça. A ideia é que elas sirvam de inspiração para muitas outras mulheres! 

#adepar celebrando o ‪#‎diainternacionaldamulher

1ª das quatro mulheres: Karol Conka

Dia Internacional da Mulher Adepar - Karol Conka
Karoline dos Santos de Oliveira, mais conhecida como Karol Conka, é cantora, compositora e mãe. Curitibana, Karol representa o Rap feminino no Brasil. Com influências de cantoras como Beyoncé, a artista negra fala em suas músicas sobre preconceito, feminismo e empoderamento.

Colecionando sucessos, Karol já alcançou mais de 5 milhões de visualizações no Youtube com o clipe “Tombei”, uma das suas composições.

Em uma entrevista concedida ao jornal O Globo, Karol afirma que “já sabia que iria ser xingada e que meu trabalho seria visto com indiferença só porque sou uma menina. Mas mostrei que minha música é séria, que não estava brincando quando dizia que ali era o meu lugar. Falava com todo mundo de igual para igual. Assim, aos poucos, fui ganhando meu espaço e o respeito dos outros músicos”.

defensores-aniversarios-marco2017

A Adepar deseja muitas realizações e saúde para quem luta todos os dias por uma sociedade mais justa! ‪#defensoriapublicadoparana #adepar

Papo legal - direitos das mulheres - 8 de março-simbolo feminino

Para celebrar o Dia Internacional da Mulher, 8 de março, a Adepar realiza, em parceria com a Edepar (Escola da Defensoria Pública do Paraná) e o NUCIDH (Núcleo de Cidadania e Direitos Humanos da Defensoria Pública do Paraná), mais uma rodada do projeto “Papo Legal”, que visa a promoção da justiça, dos direitos humanos e da cidadania entre estudantes e professores.

Em Curitiba, o bate-papo será realizado no Colégio Estadual do Paraná (CEP) e o tema desta vez será o Direito que envolve as mulheres. As rodadas de conversas serão divididas em três horários: 10h, 13h50 e 19h25, no dia 8 de março, quarta-feira.

O objetivo é que o encontro seja uma conversa descontraída e que tenha muita participação dos estudantes, perguntando, opinando e debatendo.

Reunião Amapar- 21-02-2017

A Adepar (Associação dos Defensores Públicos do Paraná) esteve reunida hoje, dia 21 de fevereiro, com diversas entidades do Paraná, na Amapar (Associação dos Magistrados do Paraná). O encontro teve como objetivo discutir, em âmbito estadual, a Reforma Previdenciária. A presidente da Adepar, Thaísa Oliveira, representou a associação na reunião.